Compartilhe

  • Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Pinterest
  • Tumblr Social Icon
  • Instagram
  • RAN

Se acabarmos o isolamento, vai faltar respirador para o potiguar


O Rio Grande do Norte poderá entrar no caos, se a população não continuar com o isolamento social e aguardar a queda da tal curva que deverá se achatar após os meados do mês de abril e aguardar que a diminuição dos casos caem consideravelmente.


Se a população acabar com este isolamento social, o quantitativo de respiradores é insuficiente para atender o número de pacientes que irão buscar atendimento em hospitais. Do total de 728 aparelhos em uso no Estado, somente 111 podem ser utilizados pelo Sistema Único de Saúde (SUS) e estes estão divididos nas redes de hospitais que atendem os grandes centros.


O aparelho é essencial para os doentes que desenvolve dificuldade de respirar. Este, por sinal, é um dos sintomas mais graves para os pacientes infectados pelo novo coronavírus. Do total de respiradores em hospitais públicos, 25 deles estão em Natal. Ainda de acordo com o CNES, apenas 43 dos 167 municípios potiguares têm hospitais com ao menos um respirador.


Em todo o Brasil, só 9,5% dos respiradores disponíveis em hospitais do país estão na rede pública. O país tem 61 mil aparelhos, mas apenas 5.846 estão no SUS.

5 visualizações

Receba nossas atualizações

  • Ícone do Facebook Branco
  • Ícone do Twitter Branco

© 2023 por AsHoras. Orgulhosamente criado com Wix.com