Compartilhe

  • Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Pinterest
  • Tumblr Social Icon
  • Instagram
  • RAN

Ronaldinho Gaúcho é detido junto de irmão em hotel no Paraguai

Justiça do país negou o chamado "critério de oportunidade"
Ronaldinho após dar depoimento no Palácio da Justiça Norberto Duarte/AFP

O ex-jogador Ronaldinho Gaúcho e seu irmão, Roberto Assis, foram detidos preventivamente na noite desta sexta, 6, em seu hotel em Assunção, no Paraguai, de acordo com o jornal ABC Color. A medida tem como objetivo impedir que eles saiam do país, enquanto ocorrem as investigações por apresentarem documentos falsos.


Na noite de quinta, eles admitiram o uso de passaportes ilegais e, assim, evitaram ser indiciados pelo Ministério Público do Paraguai. Os promotores consideraram que os dois “foram enganados em sua boa fé”. Desta forma, acabaram enquadrados no que o Código Penal chama de “critério de oportunidade”, utilizado quando suspeitos admitem uma culpa e não têm antecedentes criminais.


A decisão final coube, entretanto, a um juiz, Milko Valinotti, que na noite de hoje negou o “critério de oportunidades” e solicitou a prisão da dupla. Eles haviam acabado de voltar de uma longa audiência no Palácio da Justiça para dar depoimentos sobre a situação quando foram abordados pela polícia. Agora, seguem investigados. A procuradora-geral do Estado, Sandra Quiñónez, deverá manter ou rever a decisão inicial em até dez dias.

Portal VEJA

0 visualização

Receba nossas atualizações

  • Ícone do Facebook Branco
  • Ícone do Twitter Branco

© 2023 por AsHoras. Orgulhosamente criado com Wix.com