Compartilhe

  • Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Pinterest
  • Tumblr Social Icon
  • Instagram
  • RAN

Racismo, em pleno século 21, não se é mais tolerável


A Lei Áurea aboliu a escravidão, que já era intolerável aos olhos de muita gente desde aquela época, e até hoje, muita gente sofre por discriminação e racismo por conta da cor de sua pele.


Ontem (21) Dia da "Consciência Negra" o Brasil depara-se com situações que ainda grita em pleno ano de 2019. Um professor, negro, foi chamado, pejorativamente de "macaco" e tomou cutiladas de canivete e simplesmente o agressor pagou fiança e foi liberado.


No futebol vários casos gritantes, nos deparamos com torcedores xingando jogadores e trabalhadores negros, com vídeos filmando e ainda assim chama-se o agressor de "suspeito".


Não se pode mais tolerar este tipo de comportamento, pois o mundo é nosso, independente da cor da minha pele, da minha crença, da minha opção sexual. O que nos falta é respeito pelas decisões. Todos somos seres humanos. Não é a cor de minha pele que vai distinguir se sou mais feio ou mais bonito; mais inteligente ou não; se sou ou não um criminoso; se sou "hetero o homo". O que determina aquilo que sou é o caráter, honestidade e a minha humanização. Eu adoraria saber um dia de que Cristo era negro, como ficticiosamente na obra de Ariano Suassuna, no "Auto da Compadecida".

25 visualizações

Receba nossas atualizações

  • Ícone do Facebook Branco
  • Ícone do Twitter Branco

© 2023 por AsHoras. Orgulhosamente criado com Wix.com