Compartilhe

  • Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Pinterest
  • Tumblr Social Icon
  • Instagram
  • RAN

Polícia Civil cumpre mandados de busca e apreensão em Janduís em operação que investiga morte


A Polícia Civil cumpriu dois mandados de busca e apreensão na manhã da última sexta-feira (11), no município de Janduís, região Oeste do Estado. A ação faz parte da segunda fase da Operação Mandacaru que investiga o homicídio do empresário Raimundo Gonçalves de Lima Neto, conhecido como "Neto de Nilton", morto no dia 11 de abril de 2020 no município de Campo Grande. Foram apreendidos celulares e notebooks.
A operação foi deflagrada por policiais civis da Delegacia Municipal de Caraúbas, com apoio da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) de Natal e da Delegacia de Homicídios de Mossoró (DHM).
Os mandados de busca e apreensão, expedidos pela Comarca de Campo Grande, foram cumpridos em duas residências do município de Janduís. A polícia apreendeu seis aparelhos de celular e dois notebooks.
“Essa operação visa a colheita de elementos informativos, a ampliação do leque investigativo e a investigação do autor ou dos autores do crime de homicídio, que teve como vítima Raimundo Gonçalves de Lima Neto”, explicou o delegado Verilton Carlos, que está a frente das investigações.
No dia do crime, Raimundo Gonçalves de Lima Neto, conhecido como "Neto de Nilton", que era pré-candidato a prefeito na cidade de Janduís pelo PSOL, estava em uma moto quando foi abordado por bandidos por volta das 9h30. Ele foi obrigado a sair da moto, levado até um matagal próximo, e executado em seguida.

Receba nossas atualizações

  • Ícone do Facebook Branco
  • Ícone do Twitter Branco

© 2023 por AsHoras. Orgulhosamente criado com Wix.com