Compartilhe

  • Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Pinterest
  • Tumblr Social Icon
  • Instagram
  • RAN

Operação Carro-pipa beneficia quase 2 milhões de pessoas



Para auxiliar populações rurais e urbanas atingidas por longos períodos de estiagem, a Operação Carro-pipa atende todos os meses cerca de 1,7 milhão de pessoas em aproximadamente 500 municípios do Nordeste e do Norte de Minas Gerais. Na sexta-feira (14), o Chefe de Logística e Mobilização do Ministério da Defesa (MD), General de Exército Laerte de Souza Santos, representando a Pasta, acompanhado do Ministro do Desenvolvimento Regional (MDR), Gustavo Canuto, e comitiva, conheceram detalhes da coordenação e da fiscalização da Operação, em Petrolina, Sertão de Pernambuco. O MDR é parceiro do MD no desenvolvimento da ação.


A Operação Carro-Pipa integra o Programa Emergencial de Distribuição de Água Potável no Semiárido Brasileiro, sendo o Exército Brasileiro responsável pela execução, organização e fiscalização da ação. Atualmente cerca de 950 militares da Força Terrestre estão envolvidos na Operação.

No 72º Batalhão de Infantaria Motorizado (72º BIMtz), unidade militar que apoia as atividades da Operação Carro-Pipa, o Chefe de Logística e Mobilização do MD destacou a importância do trabalho feito pelos militares. “A vida humana, a sustentabilidade, a qualidade de vida do nosso sertanejo tem sido salvaguardada pelo trabalho desses soldados”, afirmou o General Laerte.



O Ministro do Desenvolvimento Regional, Gustavo Canuto, elogiou a excelência do trabalho realizado pelo Exército durante os 20 anos de Operação e ressaltou a necessidade de mudanças. “O Exército dá conta, entrega resultado, mas a operação sobrecarrega o efetivo e a atividade fim das Forças”, disse.


Canuto esclareceu que, a longo prazo, devem ser adotadas iniciativas para que se tenham “mananciais mais próximos, instalação de sistemas de dessalinização e reformulação da operação”. Ele informou que essas ações constam no Plano de Segurança Hídrica.


No 72º BIMtz houve apresentação de todo o processo administrativo de coordenação da Operação, desde a contratação até a distribuição da água. Em seguida, a comitiva seguiu para o distrito de Izacolandia (PE), um dos locais onde pipeiros fazem o abastecimento dos caminhões.

Em Lagoa Grande (PE), está localizado um dos 38 mil pontos de distribuição de água cadastrados, que são os lugares onde os beneficiários recebem água potável. No local, representantes dos ministérios puderam conversar e acompanhar de perto as dificuldades da comunidade.


A aposentada Maria Francilina da Conceição, 84 anos, contou que antes do início da Operação precisava caminhar cerca de um quilômetro para pegar água. “Eu ia buscar água lá nas caeiras com a cabacinha na mão, uma lata na cabeça, para encher um pote”, lembrou a sertaneja.


“Acho uma operação muito boa, principalmente para nós nordestinos, onde a dificuldade de água é muito grande”, ressaltou o agricultor Ancilon Felipe Pinto, 48 anos. Ele destacou que, se a ação não existisse, teria que se unir à comunidade para comprar carros-pipa para ter água potável em casa.

Também estiveram presentes nas atividades em Petrolina o Comandante Militar do Nordeste, General de Exército Marco Antônio Freire Gomes, o secretário-executivo do MDR, Antônio Futuro, o coordenador da Operação Carro Pipa, General Pedro Antônio Fioravante Silvestre Neto, entre outras autoridades civis e militares.

Operação Carro-Pipa


Criada em 1998, a Operação Carro-Pipa contribui para sobrevivência da população atendida, para fixação da população na área rural e para o desenvolvimento da agricultura e a pecuária de subsistência.


Após receber da Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil (SEDEC) a lista de municípios indicados para receber a água, o Exército realiza o planejamento para a distribuição emergencial de água potável à população. A Força Terrestre ainda é responsável por fiscalizar as condições dos carros-pipa, a quantidade de água distribuída, as distâncias percorridas e a execução dos planos de trabalho dos motoristas de caminhões.


A área de atuação da Carro-Pipa é de 1 milhão de quilômetros quadrados. O recurso disponível para ação neste ano é de R$ 7, 5 milhões de reais.


Por Lane Barreto

Fotos: Alexandre Manfrim

Assessoria de Comunicação Social (Ascom) 

Ministério da Defesa 

Receba nossas atualizações

  • Ícone do Facebook Branco
  • Ícone do Twitter Branco

© 2023 por AsHoras. Orgulhosamente criado com Wix.com