Compartilhe

  • Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Pinterest
  • Tumblr Social Icon
  • Instagram
  • RAN

Liturgia da Palavra de hoje (26)

Liturgia da Palavra

Primeira Leitura (Rm 8,1-11)


Leitura da Carta de São Paulo aos Romanos.


Irmãos, 1não há mais condenação para aqueles que estão em Cristo Jesus. 2Pois a lei do Espírito que dá a vida em Jesus Cristo te libertou da lei do pecado e da morte.

3Com efeito, aquilo que era impossível para a Lei, já que ela estava enfraquecida pela carne, Deus o realizou; tendo enviado seu próprio Filho numa condição semelhante àquela da humanidade pecadora, e por causa justamente do pecado, condenou o pecado em nossa condição humana, 4para que toda a justiça exigida pela Lei seja cumprida em nós que não procedemos segundo a carne, mas segundo o Espírito.

5Os que vivem segundo a carne aspiram pelas coisas da carne; os que vivem segundo o Espírito, aspiram pelas coisas do Espírito.

6Na verdade, as aspirações da carne levam à morte e as aspirações do Espírito levam à vida e à paz. 7Tudo isso, porque as tendências da carne são inimizade contra Deus: não se submetem – nem poderiam submeter-se – à Lei de Deus.

8Os que vivem segundo a carne não podem agradar a Deus. 9Vós não viveis segundo a carne, mas segundo o Espírito, se realmente o Espírito de Deus mora em vós.

Se alguém não tem o Espírito de Cristo, não pertence a Cristo. 10Se, porém, Cristo está em vós, embora vosso corpo esteja ferido de morte por causa do pecado, vosso espírito está cheio de vida, graças à justiça. 11E, se o Espírito daquele que ressuscitou Jesus dentre os mortos mora em vós, então aquele que ressuscitou Jesus Cristo dentre os mortos vivificará também vossos corpos mortais por meio do seu Espírito que mora em vós.


- Palavra do Senhor.

- Graças a Deus.

Responsório (Sl 23)

— É assim a geração dos que buscam vossa face, ó Senhor, Deus de Israel.

— É assim a geração dos que buscam vossa face, ó Senhor, Deus de Israel.

— Ao Senhor pertence a terra e o que ela encerra, o mundo inteiro com os seres que o povoam; porque ele a tornou firme sobre os mares, e sobre as águas a mantém inabalável.

— “Quem subirá até o monte do Senhor, quem ficará em sua santa habitação?” “Quem tem mãos puras e inocente coração.

— Quem não dirige sua mente para o crime. Sobre este desce a bênção do Senhor e a recompensa de seu Deus e Salvador”. “É assim a geração dos que o procuram, e do Deus de Israel buscam a face”.

Evangelho (Lc 13,1-9)


— O Senhor esteja convosco.

— Ele está no meio de nós.

— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Lucas.

— Glória a vós, Senhor.


1Naquele tempo, vieram algumas pessoas trazendo notícias a Jesus a respeito dos galileus que Pilatos tinha matado, misturando seu sangue com o dos sacrifícios que ofereciam. 2Jesus lhes respondeu: “Vós pensais que esses galileus eram mais pecadores do que todos os outros galileus, por terem sofrido tal coisa? 3Eu vos digo que não. Mas se vós não vos converterdes, ireis morrer todos do mesmo modo. 4E aqueles dezoito que morreram, quando a torre de Siloé caiu sobre eles? Pensais que eram mais culpados do que todos os outros moradores de Jerusalém? 5Eu vos digo que não. Mas, se não vos converterdes, ireis morrer todos do mesmo modo”. 6E Jesus contou esta parábola: “Certo homem tinha uma figueira plantada na sua vinha. Foi até ela procurar figos e não encontrou. 7Então disse ao vinhateiro: ‘Já faz três anos que venho procurando figos nesta figueira e nada encontro. Corta-a! Por que está ela inutilizando a terra?’

8Ele, porém, respondeu: ‘Senhor, deixa a figueira ainda este ano. Vou cavar em volta dela e colocar adubo. 9Pode ser que venha a dar fruto. Se não der, então tu a cortarás’”.


— Palavra da Salvação.

— Glória a vós, Senhor.


Homilia


Jesus está falando a respeito das tragédias que aconteceram com os galileus, na qual Pilatos matou misturando o seu sangue com sacrifícios. Tantos outros casos poderiam ser tragédias que aconteceram lá e acontecem nos dias de hoje. E, logo, a pessoa movida pelo pensamento sem discernimento, diz: “Aconteceu porque era um castigo. Porque ele mereceu ou porque ele fez algo que desagradou a Deus”.

Querem colocar “nas costas” de Deus toda e qualquer tragédia ou acontecimento. Um avião que cai, falam: “Tinha algum pecador e foi isso que aconteceu”. Doeu o coração quando aconteceu a tragédia na boate Kiss há tantos anos, e, até hoje, marca a todos nós todas aquelas vítimas. Talvez, alguém sem discernimento possa ter dito: “É porque aqueles jovens eram pecadores”.

Não podemos mais permitir que esses desalentos ou a falta de conhecimento da fé, leve-nos a dizer certos desatinos, porque Deus, primeiro, não quer que nenhuma tragédia aconteça.

É importante sermos vigilantes com a nossa própria vida, não deixar que sejamos causa de tragédias

Dói o coração de Deus quando coisas trágicas acontecem com pessoas que são de Deus ou pessoas que achamos que não são de Deus, porque todos nós somos de Deus. As tragédias acontecem com pessoas boas e com pessoas que não tão boas. As tragédias acontecem com pessoas que frequentam a casa de Deus e com pessoas que não frequentam a casa de Deus. As tragédias acontecem com idosos e crianças.


Tudo que pedimos a Deus é que nos livre do mal, para que realmente combatamos o mal. É para isso que nós oramos e invocamos.


Muitas tragédias, é óbvio, acontecem por desastres e desatentos humanos. Há muitas tragédias que acontecem por muitos fatores, que não é o caso de aprofundarmos neste momento.


Acontecem as fatalidades, a falta de atenção nos acidentes e tantas outras coisas na vida. É importante sabermos, primeiro, sermos vigilantes com a nossa própria vida, não deixar que sejamos causa de tragédias e, ao mesmo tempo, trabalhar para que tragédias não aconteçam no mundo. É o modo de colaborarmos com a graça de Deus. Não procurarmos culpados de formas fáceis, colocando para o além, para o divino, aquilo que, muitas vezes, é responsabilidade humana e a falta de cuidado humano.


“Um avião caiu. De quem foi a responsabilidade?”. “Aconteceu uma tragédia com o carro. Por que será que aconteceu?”.


Sejamos sensatos em tais coisas, mas o mais importante é aquilo que diz o Evangelho: “se não nos convertermos, todos morreremos”.


Se aquela morte foi trágica, não há tragédia pior do que morrer no pecado, do que morrer sem se converter, do que morrer sem realmente mudar de vida.


Pode ser que alguém morra numa tragédia, mas nem experimenta a tragédia porque ressuscitou para Deus. Mas quem morre na tragédia do pecado, não tem como reparar, é só se convertendo de verdade.


Na outra vida não tem como se converter, a hora de nos convertermos é agora! Por isso, procuremos superar essa tragédia do pecado e superaremos muitas outras tragédias na humanidade.


Deus abençoe você!

2 visualizações

Receba nossas atualizações

  • Ícone do Facebook Branco
  • Ícone do Twitter Branco

© 2023 por AsHoras. Orgulhosamente criado com Wix.com