Compartilhe

  • Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Pinterest
  • Tumblr Social Icon
  • Instagram
  • RAN

Liturgia da Palavra de hoje (12)


Primeira Leitura (Is 42,1-4.6-7)


Leitura do Livro do profeta Isaías:


Assim fala o Senhor: 1”Eis o meu servo — eu o recebo; eis o meu eleito — nele se compraz minh’alma; pus meu espírito sobre ele, ele promoverá o julgamento das nações. 2Ele não clama nem levanta a voz, nem se faz ouvir pelas ruas.3Não quebra uma cana rachada nem apaga um pavio que ainda fumega; mas promoverá o julgamento para obter a verdade.4Não esmorecerá nem se deixará abater, enquanto não estabelecer a justiça na terra; os países distantes esperam seus ensinamentos. 6Eu, o Senhor, te chamei para a justiça e te tomei pela mão; eu te formei e te constituí como o centro de aliança do povo, luz das nações,7para abrires os olhos dos cegos, tirares os cativos da prisão, livrares do cárcere os que vivem nas trevas”.

- Palavra do Senhor.

- Graças a Deus.


Salmo Responsorial (Sl 28)


— Que o Senhor abençoe, com a paz, o seu povo!

— Que o Senhor abençoe, com a paz, o seu povo!


— Filhos de Deus, tributai ao Senhor,/ tributai-lhe a glória e o poder!/ Dai-lhe a glória devida ao seu nome;/ adorai-o com santo ornamento!

— Eis a voz do Senhor sobre as águas,/ sua voz sobre as águas imensas!/ Eis a voz do Senhor com poder!/ Eis a voz do Senhor majestosa.

— Sua voz no trovão reboando!/ No seu templo os fiéis bradam: “Glória!”/ É o Senhor que domina os dilúvios,/ o Senhor reinará para sempre!


Segunda Leitura (At 10,34-38)


Leitura dos Atos dos Apóstolos:


Naqueles dias,34Pedro tomou a palavra e disse: “De fato, estou compreendendo que Deus não faz distinção entre as pessoas.35Pelo contrário, ele aceita quem o teme e pratica a justiça, qualquer que seja a nação a que pertença.

36Deus enviou sua palavra aos israelitas e lhes anunciou a Boa-Nova da paz, por meio de Jesus Cristo, que é o Senhor de todos. 37Vós sabeis o que aconteceu em toda a Judeia, a começar pela Galileia, depois do batismo pregado por João:38como Jesus de Nazaré foi ungido por Deus com o Espírito Santo e com poder. Ele andou por toda a parte, fazendo o bem e curando a todos os que estavam dominados pelo demônio; porque Deus estava com ele”.


- Palavra do Senhor.

- Graças a Deus.


Anúncio do Evangelho (Mt 3,13-17)


— O Senhor esteja convosco.

— Ele está no meio de nós.

— PROCLAMAÇÃO do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Mateus.

— Glória a vós, Senhor.


Naquele tempo,13Jesus veio da Galileia para o rio Jordão, a fim de se encontrar com João e ser batizado por ele. 14Mas João protestou, dizendo: “Eu preciso ser batizado por ti, e tu vens a mim?”

15Jesus, porém, respondeu-lhe: “Por enquanto deixa como está, porque nós devemos cumprir toda a justiça!” E João concordou. 16Depois de ser batizado, Jesus saiu logo da água. Então o céu se abriu e Jesus viu o Espírito de Deus, descendo como pomba e vindo pousar sobre ele.

17E do céu veio uma voz que dizia: “Este é o meu Filho amado, no qual eu pus o meu agrado”.


— Palavra da Salvação.

— Glória a vós, Senhor.

Homilia


Celebramos, hoje, o batismo de Jesus. No batismo de Jesus celebramos o nosso batismo, porque todos nós somos batizados n’Ele.


Jesus desceu às águas do Jordão para pegar na mão de cada um de nós e também nos conduzir à água. Jesus não precisava ser batizado, mas foi para nos levar, para nos conduzir às águas batismais.


Ao mesmo tempo, o batismo imprimiu na vida de Jesus a missão d’Ele. Ele mesmo recebeu o Espírito e, por isso, o Céu se abriu e Ele viu o Espírito em forma de pomba descer sobre Ele para realmente selar, marcar, concretizar que o Espírito de Deus estava sobre Ele. O Espírito Santo queria conduzi-Lo na sua missão e, ao mesmo tempo, à voz do Pai. “Esse é o meu Filho amado, no qual coloquei o meu agrado, a minha unção, onde a graça está sobre Ele”.


Precisamos deixar ressoar aquilo que Jesus ouviu com todo o ardor do Seu coração. Sobre nós repousa o Espírito de Deus que desceu e desce quando vivemos como batizados, quando assumimos a nossa consagração, quando nos deixamos realmente sermos guiados, conduzidos e direcionados pelo Espírito.

Muitas vezes, não sabemos nem a data do nosso batismo, não tomamos consciência da importância desse dia

Batizados em Jesus precisamos ser cheios do Espírito Santo, renascidos nas águas batismais, para a qual Jesus nos conduziu.


Quando vivemos cheios do Espírito podemos ter a certeza de que o Pai está exclamando: “Este é meu filho amado. Este é o filho que faz a minha vontade. Este é o meu filho que se deixa conduzir pelo Espírito”.


Permitamos que o Pai se alegre como se alegrou com o Seu Filho Jesus, que recebeu a unção e estamos ungidos em Cristo, então, sejamos cristãos.


Cada cristão é um Cristo neste mundo, ungido e enviado pela graça para cumprir a missão do Pai. Tomemos, hoje, consciência do nosso batismo.


Queria fazer um convite muito especial: na Igreja que você for hoje, a Igreja em que você participar, visite o batistério, ore naquele batistério, no qual um dia você também foi batizado e, se possível, procure um dia conhecer o batistério da Igreja em que você foi batizado, renove a sua entrega e a sua consagração.


Muitas vezes, não sabemos nem a data do nosso batismo, não tomamos consciência da importância desse dia na nossa própria vida. Retomemos, hoje, a graça batismal que um dia Deus nos deu, a graça de sermos ungidos do Espírito e sermos filhos amados do Pai para sermos bons cristãos no mundo em que estamos.


Deus abençoe você!

Receba nossas atualizações

  • Ícone do Facebook Branco
  • Ícone do Twitter Branco

© 2023 por AsHoras. Orgulhosamente criado com Wix.com