Compartilhe

  • Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Pinterest
  • Tumblr Social Icon
  • Instagram
  • RAN

Líder do governo defende prorrogação de mandatos de prefeitos e vereadores


Em sessão de debates no Senado nesta quarta-feira (17), o líder do governo no Congresso, Eduardo Gomes (MDB-TO), pediu uma reflexão sobre a prorrogação de mandato dos prefeitos e vereadores, dizendo ter ciência de que esta é uma posição minoritária. Ele apontou que a discussão sobre uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC) de adiamento das eleições seria “absolutamente aberta”, já que é muito difícil prever a evolução da pandemia.
“A minha posição é entre aquilo que a gente quer e aquilo que a gente pode fazer”, disse ele, defendendo a coincidência de mandatos. Essa tese defende prorrogação dos mandatos municipais atuais por dois anos para coincidir com as eleições gerais de 2022.
Segundo o senador, mais de 20% dos atuais prefeitos têm mais de 60 anos, o que os coloca dentro do grupo de risco em relação ao coronavírus. Sendo assim, ele alega que restrições e demais medidas de segurança podem gerar preconceitos e condições desiguais de disputa. “Temos de levar em conta que temos milhares de vereadores e prefeitos que estão em condição de concorrer à reeleição e que não vão poder disputar, por conta da falta de segurança de saúde”, alertou.

Congresso em Foco

0 visualização

Receba nossas atualizações

  • Ícone do Facebook Branco
  • Ícone do Twitter Branco

© 2023 por AsHoras. Orgulhosamente criado com Wix.com