Compartilhe

  • Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Pinterest
  • Tumblr Social Icon
  • Instagram
  • RAN

Em votação simbólica, CCJ do Senado aprova reforma da Previdência

Relator do texto na Casa, Tasso Jereissati (PSDB-CE) acolheu duas emendas; proposta segue para o plenário



Relator da reforma na CCJ da Câmara, Tasso Jereissati (PSDB-CE) propôs mudanças por PEC paralela e supressões no texto principal (Pedro França/Agência Senado)

A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado aprovou, na manhã desta terça-feira, 22, em votação simbólica, o relatório da reforma da Previdência, de autoria do senador Tasso Jereissati (PSDB-CE). O texto, agora, segue para o plenário da Casa, a última etapa do processo ─ marcada para às 14h. O texto havia sido aprovado em primeiro turno no Senado no dia 2 de outubro. A presidente da CCJ, Simone Tebet (MDB-MS), convocou a sessão para discutir as emendas apresentadas pelos senadores antes da apreciação da Proposta de Emenda à Constituição no Senado.


Durante a sessão, Jereissati rejeitou a maioria das emendas apresentadas pelos senadores. O relator acolheu apenas duas alterações ao texto: uma delas determina que o cálculo de idade e tempo de contribuição será feito em dias para aqueles trabalhadores que devem se aposentar pelo sistema de pontos. Outra, que o tempo de trabalho para trabalhadores em situação nociva para a saúde seria “o mínimo” para que consiga se aposentar.


Portal Revista Veja

8 visualizações

Receba nossas atualizações

  • Ícone do Facebook Branco
  • Ícone do Twitter Branco

© 2023 por AsHoras. Orgulhosamente criado com Wix.com