Compartilhe

  • Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Pinterest
  • Tumblr Social Icon
  • Instagram
  • Ricardo Adriano do Nascimento

Em Martins, Governo debate criação de Unidade de Conservação Estadual


O Governo do Estado, por meio do Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente – Idema, em parceria com a Prefeitura Municipal de Martins, promoveu, nesta quinta-feira (16), uma sessão pública para apresentar e discutir a proposta de criação da Unidade de Conservação Monumento Natural (MONA) Cavernas de Martins, a ser instalada na Região Serrana do Estado.


O evento ocorreu no Ginásio Poliesportivo José Maria Teixeira, na Rua Presidente Médici, em Martins, com ampla participação dos representantes dos órgãos ambientais, entidades públicas federais, estaduais e municipais, organizações não governamentais, representantes dos setores produtivos e comunidade em geral.


Entre os objetivos do MONA está o de salvaguardar o patrimônio espeleológico nacional existente na região de Martins e a biodiversidade associada à cavernas; proteger as espécies da flora e fauna locais do bioma Caatinga, especialmente aquelas ameaçadas de extinção; incentivar a realização de pesquisas científicas; promover atividades de educação e interpretação ambiental com vistas à formação de uma consciência ecológica na população local e nos visitantes do Monumento.


Para o diretor administrativo do Idema, Marcílio Lucena, o processo de criação do MONA faz parte da interiorização que o Governo do Estado tem promovido através do Idema. A nova Unidade de Conservação irá fomentar o turismo sustentável da região. “A Unidade de Conservação incentivará o turismo ecológico no interior do estado, propiciando aos visitantes desfrutar das belezas naturais do Rio Grande do Norte. Além disso, focaremos em compatibilizar o uso do solo nos limites da Unidade e em seu entorno imediato, com a conservação do patrimônio ambiental e paisagístico local, fomentando atividades econômicas sustentáveis que minimizem os impactos sobre a área”, esclareceu o diretor.


O Monumento tem seu limite Norte com os municípios de Umarizal, Viçosa e Portalegre; Sul com Antônio Martins, Frutuoso Gomes e Serrinha dos Pintos; Leste com Frutuoso Gomes, Lucrécia e Umarizal; e Oeste com Serrinha dos Pintos e Portalegre.