Compartilhe

  • Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Pinterest
  • Tumblr Social Icon
  • Instagram
  • RAN

Covid-19: Amazonas prevê convulsão diante do colapso no sistema de saúde


O governo do Amazonas está equipando hospitais do Estado, lotados com pacientes infectados pelo coronavírus, com contêineres frigoríficos para acondicionamento de corpos das vítimas da doença. Sem leitos de UTI, respiradores e recursos humanos, o governo já prevê “convulsão” e “revolta” diante da situação de colapso no sistema de saúde.


Na quinta, vídeo divulgado por profissionais do plantão do hospital da rede estadual João Lúcio, em Manaus, repercutiu nas redes sociais e assustou a população. O vídeo mostra pacientes e corpos dividindo o mesmo espaço. Quem filma circula entre os leitos com corpos dispostos lado a lado. O vídeo mostra ao menos dez mortos.


Ontem, o governador do Amazonas, Wilson Lima (PSC), em entrevista à Rádio Tiradentes, em Manaus, afirmou que todas as unidades hospitalares da capital passarão a contar com contêineres frigoríficos para abrigar corpos de vítimas da covid-19. Lima disse que o governo opera no limite ao se referir às UTIs e admitiu que em alguns dias não terá mais como atender às pessoas nem onde colocar cadáveres. Até bombeiros militares foram convocados para atuar em hospitais.


O governador pede que recebam prioridade pacientes que apresentem quadros de “alta gravidade”. Ele afirmou que pleiteou no Ministério da Saúde 150 respiradores, mas recebeu indicação de que terá somente 50. Além disso, garantiu que está tentando comprar outros 200 respiradores da China, dos Estados Unidos e de “uma empresa brasileira”, sem dar detalhes. O Estado do Amazonas concentra mais da metade dos casos da covid-19 na Região Norte. Até ontem, eram 1.809 registros e 145 óbitos.


Portal do Edilson Silva

2 visualizações

Receba nossas atualizações

  • Ícone do Facebook Branco
  • Ícone do Twitter Branco

© 2023 por AsHoras. Orgulhosamente criado com Wix.com