Compartilhe

  • Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Pinterest
  • Tumblr Social Icon
  • Instagram
  • Ricardo Adriano do Nascimento

Aras avisa a Moro que não admite ser manipulado ou intimidado

Em resposta à declaração de ex-ministro, procurador-geral da República afirmou que seu dever é 'averiguar todos os fatos e versões dos envolvidos'

O procurador-geral da República, Augusto Aras, divulgou nota nesta sexta, 1º, no qual afirma que não admite ser ‘manipulado ou intimidado por pessoas ou organizações’ no inquérito que envolve as acusações do ex-ministro Sergio Moro contra o presidente Jair Bolsonaro, que está nas mãos do ministro Celso de Mello, do Supremo Tribunal Federal.


“O procurador-geral da República, Augusto Aras, reitera que não aceita ser pautado ou manipulado ou intimidado por pessoas ou organizações de nenhuma espécie”, escreveu a PGR. “Ninguém está acima da Constituição!”.

R7

2 visualizações0 comentário
Kaboom+Net+LOGO5.jpg