Compartilhe

  • Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Pinterest
  • Tumblr Social Icon
  • Instagram
  • RAN

Após quebrar o pulso, paciente espera por cirurgia enquanto perde os movimentos da mão, no Rio

Charles Tomaz quebrou o pulso e precisou colocar fios de kirschner, ferrinhos que ajudam na recuperação. Agora, precisa de cirurgia simples para retirar fios, mas espera há mais de um mês, enquanto perde movimento das mãos.

No dia 17 de novembro, Charles quebrou o pulso e precisou passar por uma cirurgia no Hospital Getúlio Vargas para colocar fios de kirshner, dois ferrinhos que ajudam no tratamento da fratura. No mesmo dia, ele teve o braço engessado.


No dia 19 de dezembro, Charles retornou ao hospital para a retirada do gesso. O médico informou que os fios de kirshner também já poderiam ser removidos, mas que para isso seria necessária uma nova cirurgia: um procedimento simples, em que o paciente é liberado no mesmo dia. No entanto, Charles foi informado que não havia vaga e que até o dia 31 o hospital entraria em contato para marcar a cirurgia. Mas, até este sábado (25), não houve contato por parte do hospital.

G1

1 visualização

Receba nossas atualizações

  • Ícone do Facebook Branco
  • Ícone do Twitter Branco

© 2023 por AsHoras. Orgulhosamente criado com Wix.com