Compartilhe

  • Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Pinterest
  • Tumblr Social Icon
  • Instagram
  • RAN

A atitude oposicionista nas redes sociais tá ficando feia, ninguém mais aguenta.


Parte da ala de oposição estão conseguindo se superar. Já queremos acreditar de que estão torcendo para que as coisas desandem quanto a luta de combate ao novo coronavírus na cidade.
As redes sociais é uma porta para pronunciamento de coisas boas e ruins, tristes e felizes, enfim, nela aquele (a) que possuam a virtude encorajada, fala o que quer e deseja e muito das vezes sem cunho técnico do que fala.
Vamos as alegações caluniosas e politiqueiras:
Um caso de uma alta que demorou 21 dias - Segundo a Norma Técnica nº 10/2020 da SESAP, um caso de alta de internamento/isolamento, atestando cura da COVID-19 se dá ao final de 14 dias, cessados os sintomas, quando o paciente poderá receber alta. Caso estes sintomas não cessem, o isolamento deve ser reprogramado pela equipe técnica e médica, foi o caso deste paciente. Será considerado como paciente recuperado aquele que, diante da confirmação de COVID-19, após encerramento do isolamento deixa de apresentar sinais e sintomas.
Falsificação de dados para se sair bem na fita - É no mínimo de uma irresponsabilidade alegar que a equipe de combate em prol de uma conjuntura de ações, macule dados para mostrar que o trabalho está indo muito bem. O paciente é a principal comprovação de que os resultados de combate desta pandemia esteja dando certo ou não, sendo assim não se falsifica estado de bem estar sem que o paciente esteja curado.
Acelerar altas! - Como dito acima, existe um protocolo ministerial da MS, para atender altas. 1º averiguação de sintomas que caracterize Covid. Isola-se o paciente e após, no mínimo, 7 dias, realiza-se os exames que irão comprovar sua condição de acometimento. Após este ato o paciente fica, OBRIGATORIAMENTE, internado/isolado por no mínimo 14 dias. Após este período, não apresentando sintomas recebe, do médico de atendimento do paciente, a alta. Se souber somar, 7 dias para realização do exame mais 14 de isolamento dá 21 dias. Lendo-se do que falaram é no mínimo contradição.
Parar testes - Outra irresponsabilidade pronunciada. Segundo a equipe de trabalho do combate do novo coronavírus, só ontem (18) foram realizados 50 testes e não para por aí. Testar errado é colocar em cheque a profissionalização das equipes e faltar com o respeito com o seu trabalho.
Como se vê as ações politiqueiras da ala de oposição cada vez mais sai em destino a uma rota de colisão, por não possuir argumentos verídicos e contestáveis que provem a ambiguidade das inúmeras contradições opositoras.
Respeito é o mínimo que como ser humano devemos ter com as pessoas que estão colocando suas vidas para salvar ou impedir que as nossas sejam contaminadas.
139 visualizações

Receba nossas atualizações

  • Ícone do Facebook Branco
  • Ícone do Twitter Branco

© 2023 por AsHoras. Orgulhosamente criado com Wix.com